fbpx

Leandro Mello, em parceria com os Lubrificantes Mobil, traz orientações cruciais para pilotar motos em dias chuvosos com confiança e segurança

O Brasil segue atravessando a estação das chuvas e março ainda é um mês em que muitos motociclistas são surpreendidos com os temporais de final de tarde, o que provoca novos desafios nas estradas. Pilotar uma moto sob chuva requer habilidade, precaução e algumas técnicas especiais para garantir a segurança pessoal e dos demais usuários das vias. Conhecer essas dicas pode fazer toda a diferença entre uma viagem tranquila e uma situação de risco.

E ninguém melhor para orientar os motociclistas do que o piloto de teste Leandro Mello, recordista brasileiro de velocidade e embaixador dos lubrificantes Mobil Super Moto™ – há mais de 150 anos no mercado e a primeira a lançar lubrificantes para motos no Brasil.

A primeira e mais importante dica para pilotar em dias de chuva é reduzir a velocidade. A aderência dos pneus diminui em superfícies molhadas, aumentando o tempo necessário para frear e parar. Diminuir a velocidade não apenas oferece mais controle sobre a moto, mas também é um importante aliado em caso de imprevistos.

Leandro chama a atenção quanto às faixas pintadas, que ficam ainda mais escorregadias quando molhadas. Embora as faixas pintadas possam parecer inofensivas em dias secos, elas representam um perigo significativo para os motociclistas em dias de chuva. Estar ciente desses riscos e adotar medidas proativas para lidar com eles pode ajudar a garantir uma pilotagem mais segura, mesmo nas condições mais adversas.

Quanto às condições do asfalto, é preciso prestar muita atenção na variação da cor da pista, isso vai ajudá-lo a antecipar condições perigosas na estrada. “Às vezes a coloração diferente pode ser uma mancha de óleo ou aquela camada de espuma pode ser uma sujeira do asfalto que veio para a superfície e escorrega muito”, explica o piloto, lembrando que nestes casos é preciso “identificar com antecedência, mudando a trajetória com progressividade”.

Na chuva, os equipamentos de proteção são ainda mais importantes. A jaquetas e calças impermeáveis, luvas de proteção e botas antiderrapantes, não apenas o manterá seco, mas também protegerá seu corpo em caso de queda. “E certifique de estar com a viseira transparente e bem limpa, melhorando todo o seu campo de visão”, alerta. “Se tiver dificuldades para enxergar, pare em um local seguro e aguarde até que a visibilidade melhore”, finaliza o piloto.

A cautela e a prudência são essenciais ao pilotar uma moto em condições de chuva. Respeitar os limites de velocidade e manter a segurança devem ser prioridade máxima.

É apaixonado por carros? O QG do Automóvel criou um grupo especial de WhatsApp que vai te deixar por dentro das principais novidades do que acontece em Manaus. Clique agora e faça parte do grupo do QG do Automóvel! Esperamos você.

Deixe um comentário

Mais lidos

Nós usamos cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.